Google começa a priorizar sites HTTPS nos resultados de buscas

Recentemente o gigante de buscas anunciou mais uma modificação em seu algoritmo. Faz algum tempo que o Google sinalizou que está mais preocupado com a segurança e privacidade dos usuários, por isso tem feito algumas mudanças para incentivar as pessoas a adorarem a tecnologia HTTPS. Com essa nova mudança em seu algoritmo a empresa espera transformar a internet em local mais seguro e com mais privacidade para todos.

Sobre o protocolo HTTPS

O protocolo HTTPS possuí uma camada adicional que protege as informações do usuário durante o acesso a um site. Toda informação trocada entre o servidor e o computador do usuário é criptografada de forma que ela não possa ser decodificada durante o trajeto até o destinatário.

Existem várias formas de ataques e até monitoramento de agências governamentais que são capazes de interceptar informações de páginas acessadas através do protocolo HTTP. Porém, no protocolo seguro (HTTPS), mesmo que o tráfego seja interceptado, somente o destinatário da mensagem possuí a chave que permite acessar as informações, tornando assim a comunicação protegida contra acesso não autorizado.

> Saiba mais sobre essa tecnologia no artigo o que é HTTPS.

Nova mudança do Google

A partir de agora sites que utilizam o protocolo HTTPS serão priorizados nos resultados de buscas. Esse é mais um esforço do Google para deixar a internet mais segura para todos. Seus principais produtos como o Gmail e Google Drive utilizam o protocolo seguro há algum tempo. Até o Facebook já adotou o HTTPS por padrão em todas as páginas do site.

No post em que foi anunciada a novidade a empresa deixou claro que, por enquanto, o uso do HTTPS tem um valor baixo no ranqueamento do site, mas que ao longo do tempo ele poderá ter um forte impacto no posicionamento dos sites nos resultados de buscas.

Esta mudança ocorre num momento em que as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a privacidade e segurança. O protocolo HTTPS surgiu justamente para proteger os dados transferidos entre o servidor do site e o computador do usuário. Sua missão principal é impedir que pessoas não autorizadas tenham acesso a informações que trafegam na rede mundial de computadores.

Com essa medida o Google espera que os administradores de sites invistam cada vez mais na segurança. Nas próximas semanas ele deve divulgar um guia com as melhores práticas para uso do HTTPS.

Anúncio oficial:
http://www.googlewebmastercentral.blogspot.ch/2014/08/https-as-ranking-signal.html

Deixe um comentário

(required)
(required)